quinta-feira

Banqueta em madeira

Curso de marcenaria. Curso montador de móveis. Curso de acabamento de superficie(Pintura de móveis). Curso de marcenaria gratuito(Aprendizagem em marcenaria). Técnicas de marcenarias. Marcenaria técnica marcenaria técnica




o

terça-feira

Projeto de Móveis: Tábua de churrasco em Madeira

Passo a passo do processo de produção de Tábuas de cortar carne em madeira.





































Curso de marcenaria. Curso montador de móveis. Curso de acabamento de superficie(Pintura de móveis). Curso de marcenaria gratuito(Aprendizagem em marcenaria). Técnicas de marcenarias. Marcenaria técnica marcenaria técnica

sábado

Curso de marcenaria

Curso de marcenaria 2° semestre de 2015

Cada aluno desenvolve suas tarefa.










Curso de marcenaria. Curso montador de móveis. Curso de acabamento de superficie(Pintura de móveis). Curso de marcenaria gratuito(Aprendizagem em marcenaria). Técnicas de marcenarias. Marcenaria técnica marcenaria técnica

domingo

Preparativos para a WorldSkills Paraná


 http://www.agenciafiep.com.br/noticia/senai-no-parana-e-sede-de-preparativos-para-a-worldskills/
 

Senai no Paraná é sede de preparativos para a WorldSkills

Unidades paranaenses recebem competidores de fora e enviam experts para treinar profissionais técnicos em outras cidades

Victor Bernardo, do Rio Grande do Sul, treina na CIC, em Curitiba. (Foto: Mauro Frasson)

Há alguns meses o Senai no Paraná treina competidores de outros estados e até de outro país, além de ter experts em variadas ocupações treinando competidores em outras cidades paranaenses e em outros estados, para aquela que é considerada a maior competição de Educação Profissional do mundo. É a WorldSkills Competition, a ser realizada em São Paulo, no período de 11 a 16 de agosto.
Entre os jovens de outros estados que estão treinando em Curitiba está Victor Bernardo, de 21 anos, que competirá na modalidade Tecnologia de Mídia Impressa. Natural do Rio Grande do Sul, Victor participou das etapas escolar, estadual e nacional, além de participar de disputas de desempate entre três competidores para chegar à etapa mundial. Em agosto, completará dois anos de treinamento exclusivo para a WorldSkills. “O trabalho tem sido bem feito até aqui, por isso me sinto tranquilo, preparado para todas as tarefas”, diz.
Douglas Moura, professor e expert brasileiro na área de Mídia Impressa, é o treinador de Victor. Segundo ele, existem grandes chances de sucesso na modalidade, uma vez que há intenso conhecimento do competidor em relação ao equipamento. “Quanto maior é a vivência com o equipamento, melhor é o desempenho do competidor”, afirma.
O equipamento em que Victor treina está instalado na unidade da Cidade Industrial de Curitiba (CIC), disponível em tempo integral para os treinamentos. É lá que se dedica também a competidora da mesma modalidade, a colombiana Alexandra Sanchez, de 20 anos. Para ela, é gratificante a oportunidade de treinar com um equipamento como o que vem sendo utilizado. “Em meu país, dependo do apoio de empresas privadas e, muitas vezes, as máquinas não são tão modernas como essa”. Alexandra participou das competições nacional e Américas.

Paranaenses na disputa

O paranaense Alesson Lopes está entre os 56 jovens profissionais técnicos que integram a delegação brasileira. Ex-aluno do curso de Aprendizagem Industrial em Mecânica Geral no Senai, Alesson foi campeão na modalidade de Modelagem de Protótipos na última edição da Olimpíada do Conhecimento, realizada em Belo Horizonte (MG) em 2014. Sua rotina de treinamentos é intensa: oito horas por dia, cinco dias por semana. “Estou bem preparado. Tracei a meta de participar da WorldSkills desde o meu primeiro dia no Senai e tenho me dedicado totalmente. Estou confiante de que terei um resultado positivo”, assegura.
Também paranaenses, Edvin Garcia e Francine Bucco representarão o Brasil no Aquatronics, uma nova modalidade que une conhecimentos técnicos da área de Meio Ambiente com a de Automação Industrial. A dupla disputará com profissionais da Colômbia, Equador, África do Sul e Irã. Segundo o docente do Senai e expert brasileiro da ocupação, Rodrigo Zawadzki, o profissional de Aquatronics ainda não é formado pelas instituições de ensino e, por esse motivo, a disputa é realizada em duplas.

Competidores e treinadores
 
Na ocupação Construção em Alvenaria, o expert David Alves Ferreira, do Senai no Paraná, treina em Brasília o aluno do Senai de Alagoas, Weverton Guilherme Santos Silva.
Na modalidade Carpintaria de Telhados, que tem seus treinos realizados na unidade do Senai de São José dos Pinhais, estão os experts paranaenses Waldemar Furbringer e Riverson Tobias do Vale.
Do Senai em Londrina, Maria Priscianne de Souza Costa treina competidores em Sistema de Transporte de Informação (STI). Gabriel D’Espíndula, campeão da modalidade na WorldSkills em 2011, e Lucas Gabriel Assunik Ivankio são os responsáveis pela ocupação de Eletrônica Industrial, na unidade CIC. Juliano Mello Pedroso e Edson Geovani dos Santos, pela ocupação de Administração de Sistemas de Rede (TI), no Campus da Indústria, em Curitiba. Everton Luiz Taques, pela ocupação de Mecânica Industrial, no Senai em Ponta Grossa. E Fábio Fiametti e Michel Douglas Piovezanna, do Senai de Todelo, apoiam ao Departamento Nacional na montagem deste evento na área de Eletricidade Predial e industrial.
Além desses profissionais, estiveram atuando nas seletivas de janeiro, abril e maio, Marcos Pires na ocupação de Fresagem CNC, Sander Costa Pinto na ocupação de Modelagem de Protótipos, Laércio Bergamin, de Londrina, que aplicou simulados na ocupação de Manufatura Integrada, e Claudio Cardoso, de Arapongas, na ocupação de Marcenaria de Estrutura.
“Todos os técnicos paranaenses envolvidos têm grande experiência em suas áreas, bem como na competição e, por este motivo, são convocados pelo Departamento Nacional para compor o grupo de especialistas da delegação nacional”, explica Márcio Debner dos Santos, delegado técnico do Senai no Paraná.

Padrões internacionais

A WorldSkills Competition, realizada a cada dois anos, reúne cerca de 1.200 competidores de 63 países das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul que simulam desafios das profissões que devem ser cumpridos dentro de padrões internacionais de qualidade. Eles demonstram habilidades técnicas individuais e coletivas para executar tarefas específicas de cada uma das ocupações profissionais.
É a primeira vez na história que a WorldSkills Competition será realizada na América Latina. Na edição de 2015, os organizadores esperam superar o número de competidores registrado em Leipzig, Alemanha, em 2013 – mais de mil participantes de 53 países disputaram medalhas em 46 ocupações. Desta vez, quem organiza a competição é o Senai, detentor de um dos cinco maiores complexos de educação profissional do mundo.




 http://www.agenciafiep.com.br/noticia/senai-no-parana-e-sede-de-preparativos-para-a-worldskills/



Curso de marcenaria. Curso montador de móveis. Curso de acabamento de superficie(Pintura de móveis). Curso de marcenaria gratuito(Aprendizagem em marcenaria). Técnicas de marcenarias. Marcenaria técnica marcenaria técnica

Tupia Manual


Tupia manual

Tupia manual


Tupia manual



Tupia manual




Riverson Tobias do Vale



Riverson Tobias do Vale






Curso de marcenaria. Curso montador de móveis. Curso de acabamento de superficie(Pintura de móveis). Curso de marcenaria gratuito(Aprendizagem em marcenaria). Técnicas de marcenarias. Marcenaria técnica marcenaria técnica

sexta-feira

FEMADE promoveu ações de capacitação profissional Marcenaria.

 FEMADE promoveu ações de capacitação profissional
  
FEMADE promoveu ações de capacitação profissional 
               
FEMADE, em parceria com o SENAI/CETMAM de São José dos Pinhais e com o SEBRAE/PR, ofereceu ao longo do período de realização da feira (24 a 28 de maio 2010), uma série de palestras sobre qualificação profissional.

As palestras aconteceram no espaço da EXPO MARCENARIA, uma área de 600m², com uma linha de montagem, patrocinado pelas empresas V.I.M.A e Arflux..
 
 
Riverson Tobias do Vale, do SENAI/CETMAM, abordou a temática “Estudo de Tempo do Processo de Produção da Indústria de Marcenaria”. O especialista falou sobre a gestão do tempo como forma de otimizar a produção das marcenarias e comentou, ainda, sobre um problema comum em muitas empresas, que é o tempo de entrega, o que faz com que as mesmas venham perdendo espaço no mercado para móveis modulados e seriados. “A marcenaria tem o diferencial do móvel personalizado. Estudar o tempo ajuda a tornar a marcenaria competitiva”, explicou Riverson Tobias do Vale.
 
Dentre os fatores que podem ajudar os marceneiros a tornarem-se mais competitivos no mercado, estão: ter prazo de entrega bem definido, redução dos custos de produção, identificação dos gargalos nos setores, remanejamento de operadores internos e melhor arranjo físico (layout) da marcenaria.
Riverson Tobias do Vale também falou sobre a importância das reuniões com os funcionários, dos parâmetros de racionalização, como quantas estações de trabalho se deve ter na fábrica, quais tarefas atribuir a cada estação de trabalho, e a importância de minimizar a quantidade de trabalhadores e máquinas utilizadas para diminuir os custos. Riverson Tobias do Vale também foi responsável por apresentar a palestra sobre “Acabamento de Superfície em Madeira e Derivados”.
 
Cláudio Henrique Voth, também do SENAI/CETMAM, falou sobre o tema “Testes: Despesa ou Economia?”. De acordo com ele, o tema tem como princípio a ideia de antever uma situação para evitar um problema futuro. Para conhecer as normas do teste de aderência, por exemplo, Voth explicou que é possível comprar ou consultar as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).
 
GESTÃO DE VENDAS - Raquel Vaz, do SEBRAE/PR, abordou o tema “Reaprendendo a Vender – INOVE”, para falar sobre a importância de se praticar o que se aprende. “Se eu não exercitar o que aprendo, eu esqueço 33% do conteúdo em 24h”, disse. Ela também fez uma ressalva quanto ao contexto de mudança, afirmando que as mudanças trazem conhecimento e novas formas gerenciais.
 
Ao tratar de inovação, a especialista concluiu: “Nos próximos 15 anos, 60% das profissões atuais não existirão e, em 20 anos, 90% dos processos industriais e comerciais serão diferentes. Por isso, há uma necessidade da mudança de comportamento”, argumentou Raquel, que também apresentou outra palestra com o tema “Informal? Saiba os benefícios da formalização de sua empresa”.
 
PALESTRAS – Nas demais palestras de capacitação da FEMADE 2010, Waldemar Furbringer abordou o processo de “Segurança em Máquinas”, e Diogo do Vale, do SENAI/CETMAM, apresentou dois painéis: “Como satisfazer o cliente com um projeto de móveis” e “Montagem de Móveis de Madeira”. Pedro Oliveira proferiu ainda a palestra técnica “Geometria de Corte”.

























Curso de marcenaria. Curso montador de móveis. Curso de acabamento de superficie(Pintura de móveis). Curso de marcenaria gratuito(Aprendizagem em marcenaria). Técnicas de marcenarias. Marcenaria técnica marcenaria técnica

terça-feira

Bola de Madeira





















Curso de marcenaria. Curso montador de móveis. Curso de acabamento de superficie(Pintura de móveis). Curso de marcenaria gratuito(Aprendizagem em marcenaria). Técnicas de marcenarias. Marcenaria técnica marcenaria técnica